segunda-feira, 11 de maio de 2015

O SURREALISTA DALI NASCEU HÁ 111 ANOS

Salvador Domingo Felipe Jacinto Dali i Domènech, primeiro Marquês de Dali de Púbol, conhecido apenas como Salvador Dali, foi um importante pintor catalão, conhecido pelo seu trabalho surrealista. Nasceu a 11 de maio de 1904 na Catalunha.



É sem dúvida o mais conhecido dos pintores surrealistas,(além de desenhista, fotógrafo e escultor) a par com Joan Miró e René Magritte. Estudou em Barcelona e depois em Madrid, na Academia de San Fernando. Nessa a época teve oportunidade de conhecer Lorca e Buñuel.
As suas primeiras obras são influenciadas pelo cubismo de Gris e pela pintura metafísica de Giorgio De Chirico.

 Madrid 1925
(Da esquerda para a direita: Salvador Dali, Moreno Villa, Luís Buñuel, Garcia Lorca e António Rubio Sacristán) 

Finalmente aderiu ao surrealismo, junto com o seu amigo Luís Buñuel, cineasta.
Em 1924 foi expulso da Academia (por ter declarado que aí não havia ninguém competente para o avaliar) e começa a interessar-se pela psicanálise de Freud, de grande importância ao longo de toda a sua obra.

"Noia à janela" (1925)
(Noia é a irmã do artista. Até ao ano de 1929, o artista usava como modelo para as suas obras, a sua irmã mais nova, Ana Maria. Aqui ainda não há traços surrealistas)

A sua primeira viagem a Paris em 1927 foi fundamental para a sua carreira. Fez amizade com Picasso, um seu admirador, ("Vim vê-lo antes de ir ao Louvre", disse-lhe Dali. "Fez você muito bem" respondeu-lhe Picasso) e Breton e entusiasmou-se com a obra de Tanguy e o maneirista Arcimboldo.
O filme "Cão Andaluz" que fez com Buñuel, data de 1929. 

Grupo Surrealista em 1930
(Da esquerda para a direita: Tristan Tzara, Paul Éluard, André Breton, Hans Arp, Salvador Dali, Yves Tanguy, Max Ernst, René Crevel e Man Ray)

E é nesta altura que conhece a sua musa e futura mulher Gala Éluard (cujo nome verdadeiro é Elena Ivanovna Diakonova) 

Salvador Dali e Gala

uma imigrante russa mais velha dez anos que ele e casada na altura com o seu amigo poeta surrealista Paul Éluard.

"Persistência da memória" (1931)
(Ao fundo um penhasco e o mar no horizonte, o local onde o poeta vivia. Depois os elementos irreais, os relógios derretidos. No lado esquerdo da tela as formigas - que detesta - e uma mosca)

No final dos anos 30 foi várias vezes a Itália a fim de estudar os grandes mestres. instalou o seu atelier em Roma, embora continuasse a viajar.

"Metamorfose de Narciso" (1937)
(Representa o mito de Narciso, vindo da mitologia grega. Na mão que segura o ovo, símbolo da vida, vemos algumas marcas como se fossem as medonhas formigas)

Depois de conhecer em Londres Sigmund Freud, fez uma viagem para a América, onde publicou a sua biografia "A vida secreta de Salvador Dali" (1942). Ao voltar, estabeleceu-se definitivamente em Port Lligat com Gala.

"Sonho causado pelo voo de uma abelha ao redor de uma romã um segundo antes de acordar" (1944)
(Representa Gala, a mulher de Dali, enquanto dorme numas pedras flutuando sobre o mar a apanhar sol num dia calmo. Um elefante passa ao longe transportando o topo de uma montanha. Perto de Gala flutuam duas gotas de água e uma romã. A partir de uma romã maior vem um peixe que cospe um tigre ...)

Desde 1970 até à sua morte (23 de janeiro de 1989) dedicou-se ao desenho e à construção do seu museu na sua terra natal, Figueres.

Casa-Museu Salvador Dali

Além da pintura desenvolveu a escultura e desenho de jóias e móveis.

"Rinoceronte vestido con puntillas" (1956)-3600 Kg

Salvador Dali pintou cerca de 1640 quadros utilizando sobretudo a técnica de óleo sobre tela.
Por curiosidade, fique-se a saber que o seu estonteante bigode nasceu da grande admiração que Dali sentia por Diego Velásquez, um pintor espanhol. 

Sem comentários: