domingo, 19 de abril de 2015

MANUEL FREIRE, UM VAGUENSE DE ABRIL

Manuel Freire nasceu em Vagos no dia 25 de Abril de 1942. 


Muito jovem (16 anos) apoia a candidatura do General Humberto Delgado. 
Estudante em Coimbra, toma contacto com José Afonso e Adriano Correia de Oliveira. Mesmo depois de ter ido para o Porto, para um meio em que a crise académica que grassava em Coimbra não era tão evidente, Manuel Freire continua a cantar canções de cariz social e política. 
Como era de esperar a Censura proibiu-lhe os temas "Lutaremos meu amor", "Trova", "O sangue não dá flor" e "Trova do emigrante". 
Por alturas de 1968, Manuel Freire era muito conhecido pela interpretação de "Pedro o Soldado" poema de Manuel Alegre 



Em 1969 vai ao programa Zip-Zip e o belíssimo poema de António Gedeão Pedra Filosofal musicado por Manuel Freire, torna-se um ícone da canção de intervenção.

Pedra Filosofal de António Gedeão

José Barata Moura, Vitorino, José Jorge Letria, Manuel Freire, Fausto, Zeca Afonso e Adriano 

Sem comentários: