segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Concurso (PNL) - Eu escrevo


No âmbito da Semana da Leitura, está a decorrer o Concurso «Eu Escrevo», centrado, tal como esta edição da Semana da Leitura, na relação LEITURA – MAR.


O Concurso tem uma abrangência nacional e tem como público-alvo as crianças e jovens da educação pré-escolar ao 12º ano de escolaridade.

Os trabalhos serão enviados para o PNL (Plano Nacional de Leitura) em março de 2013.

O regulamento pode ser consultado na biblioteca da escola sede ou através do site do PNL:

http://www.planonacionaldeleitura.gov.pt

Exposição 360º - Fundação Calouste Gulbenkian


360º - Ciência Descoberta

A Fundação Calouste Gulbenkian terá patente ao público, de 2 de Março a 2 de Junho de 2013, a exposição 360o Ciência Descoberta.
A exposição terá como tema a ciência ibérica na época dos descobrimentos, apresentando os desenvolvimentos científicos e técnicos associados às grandes viagens oceânicas de Portugueses e Espanhóis nos séculos XV e XVI, e o impacto que causaram na ciência europeia.
Esta exposição estará organizada em torno de quatro zonas temáticas:
1.     A imagem do mundo antes das viagens marítimas;
2.     O contacto com as novidades da geografia, da botânica, da zoologia e da medicina;
3.     A criação de novas disciplinas de base matemática e os desenvolvimentos tecnológicos;
4.     O impacto da nova imagem do mundo no surgimento da ciência moderna.
Os interessados em participar no ciclo de conferências ou realizar uma visita temática à exposição, podem fazê-lo através de:

Semana da Internet Segura - de 4 a 8 de fevereiro

Com o objetivo de comemorar o Dia Europeu da Internet Segura, a biblioteca escolar dinamizou uma exposição sobre o tema com os alertas da Seguranet. Se queres saber mais, pesquisa no site, através do link:
http://www.seguranet.pt/blog/


A mostra incluiu sites de interesse, folhetos informativos e recomendações para navegar em segurança.

Foram ainda distribuídos marcadores de livros com a temática da segurança na net. Deixamos-te aqui alguns:


La Fête du Français - La Chandeleur

No passado dia 31 de janeiro, no âmbito da disciplina de Francês, comemorou-se la Chandeleur na biblioteca da escola para assinalar esta tradição francesa. La Chandeleur é comemorada em França todos os anos, no dia 2 de fevereiro, dia em que os franceses fazem as famosas crêpes em família ou entre amigos.


A atividade de cariz cultural pretendeu dar a conhecer a França, as suas tradições, a cultura e a língua. O dia de La Chandeleur acontece passados 40 dias depois do Natal. O nome La Chandeleur é derivado do latim (candelária – candeia) e a sua origem remonta à Antiguidade Romana em que se fazia uma festa em honra do deus Pan, deus dos bosques, dos campos, dos rebanhos e dos pastores. Durante essa festa, à noite, os fiéis andavam nas ruas com tochas. A partir do século XIV, passa a ser associada a Nossa Senhora das Candeias.

Hoje em dia a tradição é fazerem-se crêpes que, pela sua forma redonda e pela sua cor dourada, fazem lembrar o sol e são como que um apelo ao regresso da primavera, após o inverno.

Há todo um ritual associado à confeção das crêpes: fazer saltar as crêpes, com a mão direita, e ter, na mão esquerda, uma moeda, para trazer prosperidade e abundância durante todo o ano. Havia também a superstição de que a primeira crêpe confecionada não devia ser comida, mas antes guardada para dar sorte e para que as colheitas fossem abundantes.

No dia em que esta tradição foi comemorada na escola, os alunos mostraram-se muito recetivos e satisfeitos, ao saborearem a deliciosa crêpe. Havia recheio para todos os gostos, ora com açúcar, ora com canela, com doce, mas as crêpes mais concorridas eram mesmo as que tinham o recheio de chocolate.

Nas aulas de Francês, os alunos pesquisaram alguma informação e realizaram trabalhos de acordo com o seu nível de ensino, que fizeram parte de uma exposição na biblioteca.

Houve pedidos da receita para repetirem, fazendo em casa para os seus familiares.

Foi uma festa muito concorrida, já que o cheirinho a crêpes chegava a todos os setores da escola sede e da escola Dr. João Rocha (Pai). De salientar a contribuição da nossa assistente operacional, Jennifer Oliveira, que cantou e encantou todos, ao presentear-nos com duas canções de Edith Piaf – «Rien de rien» e «La vie en rose».