segunda-feira, 31 de maio de 2010

Dia do Livro - 24 de Abril

Um livro é uma gruta onde qualquer leitor entra e encontra muitas personagens, todas elas saídas dos livros, inesquecíveis, onde tudo é possível, tudo é maravilhoso e ... sonha ... sonha e ... dá asas à sua imaginação, à sua fantasia: ora se torna coelho para acompanhar a Alice no País das Maravilhas, ora é o dragão que pretende salvar o castelo.
Então, para comemorar o Dia do Livro, juntámos várias edições do livro de Lewis Carroll, em língua inglesa, traduzido para português, uma edição com ilustrações mais antigas e até a edição feita com base no filme de Tim Burton. Para tal, os alunos, pertencentes ao Clube dos Amigos da Biblioteca, trabalharam pesquisando e remexendo nos seus livros infantis, piamente guardados e, gentilmente, cederam à biblioteca exemplares desses livros, a fim de tornar o mais completa possível a nossa exposição.


E ainda para completar a nossa exposição, deixamo-vos a definição de livro segundo António Mota.

Um livro: a casa dos sonhos

Um livro é uma casa grande, com todos os quartos que quisermos ocupar e que está implantada no lugar do mundo que mais nos convier.
Um livro é um espelho onde nos podemos ver mas com corpo de homem, ou de mulher, de cor negra, ou branca ou aos quadradinhos, com cabelo ruivo ou louro ou de todas as cores.
Um livro é uma fonte de água muito límpida e muito fresca que nos mata a sede à hora que quisermos.
Um livro é uma árvore que nos dá a sombra e nos mostra as raízes diversas que povoam o chão.
Um livro pode ser uma travesseira ou um bálsamo.
Um livro pode ser um despertador mais estridente que os mais sibilantes despertadores.
Um livro pode levar-se para toda a parte - até para a banheira - e, muitas vezes agarra-se à pele de quem o lê e nunca mais na vida é capaz de o esquecer.
Um livro é o ser mais paciente do mundo. Espera por um leitor a vida inteira.
Não lêem livros os desafortunados que nunca tiveram a oportunidade de provar os sabores do sonho, da sabedoria e da vida. Senhor, tende piedade deles!

António Mota

Sem comentários: