sexta-feira, 22 de maio de 2009

Novidades


Livros - Literatura
Os da minha rua, de Ondjaki
O vale da paixão, de Lídia Jorge
As intermitências da morte, de José Saramago
Maktub, de Paulo Coelho
O que Darwin escreveu a Deus, de José Jorge Letria
A Sul da fronteira, a Oeste do sol, de Haruki Murakami
A viagem do elefante, de José Saramago
Quem quer ser milionário , de Vikas Swarup
Mansão assombrada (Bernardo, o lobisomem), de Paul Martin
Mansão assombrada (o talismã do Conde Snóbula), de Paul Martin
Dentes de rato, de Agustina Bessa Luís
Viagem ao Centro da Terra, de Júlio Verne
Mulher em Branco:romance, de Rodrigo Guedes de Carvalho
Cemitério de pianos, de José Luís Peixoto
Cinco quartos de laranja, de Joanne Harris
Sexta-feira ou a vida selvagem, de Michel Tournier
Knojo!, de Sylvia Branzei
Falar verdade a mentir, de Almeida Garrett/Glória Bustos, Ana Isabel Vasconcelos
Porto de Aveiro: entre a Terra e o Mar, Inês Amorim
O pequeno livro dos medos, de Sérgio Godinho
Abandonada: a história verídica da menina que ninguém queria, de Anya Peters
O diário de Zatla, de Zatla Filipovic
Poesia/Prosa, de Nuno Júdice
Poesia/Prosa, de Mia Couto
Poesia/Prosa, de Maria Teresa Horta
Poesia/Prosa, de Mário Cláudio
Poesia/Prosa, de Ondjaki
Poesia/Prosa, de João Melo
Poesia/Prosa, de Manuel Alegre



Livros de estudo
A barra e os portos da Ria de Aveiro 1808-1932, coord. Inês Amorim
Biologia celular e molecular, de Carlos Azevedo
Odisseia da ciência – Enciclopédia multimédia - Visionarium
Animação de idosos: actividades, de Luís Jacob
Preparar os testes: biologia - ensino secundário 12°, de Lígia Sílvia Osório
Microbiologia: um livro para colorir, de Edward Alcamo
Biologia I, de Arménio Uzunian, Ernesto Birner
A terra do Vouga nos séc. IX a XIV Território e Nobreza
Moinhos do distrito de Aveiro
Anadia:relance histórico, artístico e etnográfico
Aprender Português Níve l/2, de Carla Oliveira e outros

Dicionários
Dicinonário russo-português, de C. Nunes
Dicionário português-russo, de I. Chalaguina

DVD - Filmes
Jurassic Park/ Steven Spielberg
Diamante de sangue/ Edward Zwick
2 dias em Paris/ Julie Delpy

A rainha
, de Stephen Frears
Chocolate /Lasse Hallstrom
O mercador de Veneza, de Michael Radford
A turma: Entre les murs/Laurent Cantet



Outros
Tesouros perdidos: o deserto gelado/ National Geographic
Tesouros perdidos: reviver a Roma Antiga/ National Geographic
Tesouros perdidos: a rota da Seda/ National Geographic
Tesouros perdidos: o reino esquecido do Tibete/ National Geographic
Tesouros perdidos: as leis da dinastia/ National/ Geographic
Tesouros perdidos: o Terramoto de S. Francisco de 1989/National Geographic
Tesouros perdidos: mistérios do Nilo/ National Geographic
Tesouros perdidos: esplendores do Antigo Egeu/ National Geographic
Tesouros perdidos: o reino esquecido do Grande Zimbabwe/ National Geographic
Tesouros perdidos: o Santo Graal/ National Geographic
Tesouros perdidos: a Glória de Ankor Wat/ National Geographic
O código Da Vinci: o desclassiicado /Expresso documentários
Objectivo: Bagdad/ RTP
Iniciativa: escolas, professores e computadores portáteis

CD ROM
Manual de segurança nos laboratórios
Pr@ Tic: planear e avaliar
Pr@ Tic :implementar e dinamizar
Pr@ Tic: descobrir e cooperar
Separar está nas tuas mãos - recicla
Descobre a alimentação saudável
30 anos de 25 de Abril -um retrato estatístico

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Dia da Europa - 9 de Maio de 2009


Ciclo de Cinema

"Um País, um filme"

Na semana de 11 a 15 de Maio, a nossa biblioteca promoveu um Ciclo de Cinema.
A saber:
  • 2ª-feira - Il Postino, de Michael Radford
  • 3ª-feira - O Filme da Treta, de José Sacramento
  • 4ª-feira - Good Bye, Lenine, de Wolfgang Becker
  • 5ª-feira - Bienvenue chez les Ch'tis, de Dany Boon
  • 6ª-feira - Across the Universe, de Julie Taymor




Questionário sobre a União Europeia
Foi lançado um novo desafio a quem quisesse saber mais sobre a União Europeia: a comunidade foi convidada a responder a um questionário distribuído na biblioteca, com base nos trabalhos afixados pelos alunos de geografia.
Não participaste?
Então espreita o nosso questionário e tenta responder correctamente.
Ainda podes procurar nos trabalhos supracitados.

Quest_BE_09

Sugestões de Leituras

“O Carteiro de Pablo Neruda”

Mario é um carteiro desastrado que está loucamente apaixonado pela mulher mais bonita da cidade… e que é demasiado tímido para lhe dizer o que sente por ela. Mas quando um poeta mundialmente famoso – Pablo Neruda – inesperadamente se muda para a cidade, Mário ganha inspiração. Com a ajuda de Neruda, ele encontra as palavras certas para conquistar o coração da sua amada! Esta comédia inesquecível prova que a paixão, com alguma astúcia, pode ganhar o amor mais improvável.


Aplaudido pelos críticos e públicos de todo o mundo, “O Carteiro de Pablo Neruda” é um filme recordista, galardoado com um Óscar da Academia, uma comédia romântica muito divertida que toca todos os corações. Realizado por Michael Radford e repleto de amizade, amor e poesia, esta é a magnífica história do carteiro que quer conquistar a sua amada e do poeta que lhe mostra o poder das palavras. Com momentos hilariantes e à luz ocre de uma ilha italiana do mediterrâneo, “O Carteiro de Pablo Neruda” é um indiscutível marco do cinema, que esteve em sala em Portugal por tempo recorde. Um brinde à ternura, à sensualidade e às metáforas de Neruda.
O “Carteiro de Pablo Neruda” foi Galardoado com o Óscar da Academia de Melhor Banda Sonora, tendo ainda sido nomeado para os Óscares de Melhor Actor - Massimo Troisi , Melhor Realizador - Michael Radford, Melhor Fotografia e Melhor Argumento Adaptado. Marcado pelo carisma de Massimo Troisi que sofreu várias vezes de problemas cardíacos no decorrer das filmagens, acabando mesmo por falecer algum tempo depois, a personagem de Mário, o carteiro, ficará para sempre gravada no imaginário de todos aqueles que viram este filme.

Duração: 108 min aprox.

Outras Informações:
Título Original: Il Postino



O livro:

Mário Jiménez, jovem pescador, decide abandonar o seu ofício para se converter em carteiro de Ilha Negra, onde a única pessoa que recebe e envia correspondência é o poeta Pablo Neruda. Mário admira Neruda e espera pacientemente que algum dia mais do que uma brevíssima troca de palavras ou o gesto ritual da gorjeta. O seu desejo ver-se-á finalmente realizado e entre os dois vai estabelecer-se uma relação muito peculiar. No entanto, a conturbada atmosfera que se vive no Chile daquela época precipitará um dramático desenlace...

Descrição da editora do livro:

Através de uma história tão original como sedutora, António Skármeta consegue traçar um intenso retrato da convulsa década de setenta no país andino, assim como uma recriação poética da vida de Pablo Neruda. Este romance foi adaptado ao cinema pelo próprio autor em 1993, num filme premiado internacionalmente. Em 1994 estreou-se no Festival de Veneza uma nova adaptação cinematográfica, dirigida por Michael Radford e interpretada por Philippe Noiret e Massimo Troisi, nomeada, este ano, para vários oscares.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Respiramos poesia

Inspirados pela escola , os alunos do 8º A escreveram alguns poemas que querem partilhar com todos.


Tantas letras

Uma palavra
Num poema
Uma vogal encontrou,
Numa noite.
Num olhar temido
Mas sempre com
Um sorriso
Chegou, caminhando
Entre os versos heptassilábicos.

O verbo em forma de
Expressão literária foi tentando
Entrar num campo lexical,
Mas o adjectivo
Não o aceitou.

Entretanto, na outra página,
A estrofe não quer versos
Soltos ou brancos, porque já
Tinha contratado a rima interpolada
Que se encontrava num
Esquema rimático,
Ali perto.


Andreia Julião
.
.

********************
.
Expressão corporal

De manhã,
Naquele dia da semana
Ainda de pestanas cansadas
Começa a nossa aula preferida.
Aula essa,
Que, apesar do frio e sono,
Nos põe sempre a dançar e a rodopiar
Como se não houvesse amanhã.
Sentimo-nos bem,
Porque nos podemos expressar, além,
E de uma forma saudável.
E podemos inventar
Aquilo que a nossa imaginação
Nos leva a dançar.
Treinamos e aprendemos,
Para chegar sempre mais longe
A alcançarmos os nossos objectivos,
Que, apesar da vergonha e do receio
De apresentar aquele espectáculo à escola,
Com trabalho de equipa,
Vamos conseguir, vamos partilhá-lo com todos.
E eles também gostarão,
Como nós nos orgulhamos
Do trabalho que temos feito.
Juntos, alcançaremos os nossos objectivos.
Juntos, vamos dançar e fazer ginástica para a Escola!

Carla Fernandes Cancujo
-,
********************
,
Campo lexical ou campo semântico?
-
O campo e a lexical
Formaram o campo lexical
E tiveram dois filhos,
O hipónimo
E o hiperónimo.

Mas, um dia,
Apareceu
A Semântica.
E o campo, com aquela
Beleza, apaixonou-se
E deixou a lexical
Destroçada
E pasmada
Ao ver aquilo…

O certo é
Que eles formaram
O campo semântico.
~
Daniela Almeida
,
,

*******************
.
- Privet! - Olá!
.
Quando cheguei da Ucrânia
Eu não sabia este idioma.
Antes, "professora" era "uchitelhnica".
Agora, a professora diz "bom dia";
antes era "dobroe utro."
E o "kabinet"
É a "sala de aula".
Primeiro aprendi a dizer "olá"
(antes era "privet");
aprendi o que é "ir, voltar, saber, ter"...
Antes dizia "idti, vozvraschatsia, znath, imeth".
Na Ucrânia não precisamos do verbo "ser"
e, por isso, também tive de o aprender.
Aprendi que há
outras roupas, comportamentos, comidas.
Aprendi a dizer, a compreender
o novo significado
de palavras diferentes.
Agora,
que já sei
o principal,
posso começar
a estudar todas as outras disciplinas
em português.
...
Diana Kolesnyk
..
..
********************
Escola

Que seca de vida
Vida com rotina
Acordamos de matina
Com os olhos em ferida.
Que cena
Até me mete pena
Pensar que muita gente
Acorda com o sol nascente
Às seis da madrugada
Para se fazer à estrada
Porque não arranjam boleia
Ou não moram à beira
Do sítio para onde querem ir
Para mais um dia na escola curtir
Ciências Naturais de manhã cedo.
Eh, pá , até tenho medo.
Não aguento
Tamanho desgosto e tormento
Físico – Química
Logo a seguir
Para que seja sempre a abrir.
Mudam as Gramáticas
Dificultam as Matemáticas
Porquê?Para quê?
Mudam o substantivo para nome?
Acrescentar mais um pronome!
Catorze anos a aprender de uma maneira
Para mudarem sem darem uma razão!
Uma explicação!
Grande ministério que temos
Só fazem o que não queremos,
Depois é o que vemos,
Greves por todo o lado
Tudo organizadoAlto manifesto!
Tudo ao protesto.
Tanta coisa para estudar
Historia e Geografia.
Temos professores
Para nos acompanhar,
Na disciplina deEstudo Acompanhado.
Em Formação cívica,
Falamos de muitas coisas:
Doenças …Drogas …Animais …
Temos muitos assuntos
A tratar.
Saltar, correr e brincar
Em Educação Física.
E em Moral
Quando não precisamos deEstudar!
Nas línguas estrangeiras,
Como Inglês e Francês,
Play ou Parler
Assim mesmo temos que estudar.
Área de Projecto,Brincar …
Falar ou conversar
À mesma temos que trabalhar!


Gabriela Neves
********************
.
Educação Física

Para começar a aula
temos de nos equipar
depois tenho que aquecer
para não me lesionar
Quando começa a aula
vamos buscar as bolas
para podermos jogar
Andebol, basquet volei...
Se não for nenhum desporto com bola
vamos ter de fazer
ou salto em comprimento
ou passar a aula a correr
Quando acaba a aula
temos de nos desequipar
porque estamos todos suados
de tanto agitar.

Tiago Oliveira

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Entrega dos Baús - Abril/Maio

Em colaboração com a Câmara Municipal de Vagos, as nossas alunas do Curso de Acompanhante de Crianças visitaram, mais uma vez, algumas escolas do Agrupamento do concelho. Desta vez, a peça era uma adaptação da história do Capuchinho Vermelho.

Aqui deixamos alguns apontamentos.